TESTE PRODUTOS LINX













Imagens





Saiba tudo sobre Assadeiras e Formas


Antes de montar aquela linda mesa da ceia temos que cozinhar não é mesmo? por isso iremos começar a apresentar diferentes utensílios para fazer aquela ceia de dar água na boca.
Ah, todos esses produtos e muito mais você encontra na Maravilhas mais pertinho de você.


Você sabia que o tipo de assadeira pode alterar totalmente o resultado do que você está cozinhando? A cor, material e tamanho podem alterar a consistência, uniformidade e tempo de cozimento, portanto tenha certeza que está escolhendo a forma certa na hora de assar o seu alimento!
Assadeiras Metálicas
As formas metálicas de alumínio são as melhores para atingir um grau dourado uniforme. Tome cuidado com as formas metálicas escuras e pretas pois estas causam mais escurecimento e não devem ser usadas em receitas muito claras e delicadas. Mesmo assim, são ótimas para atingir aquela crosta queimadinha no pão!


OBS: Não use formas de alumínio para servir ou guardar comida, já que a comida pode ficar com gosto metálico.
Quando usar: pães, bolos, cookies, cupcakes, tortas, pudins.
Assadeiras de Vidro
As formas de vidro conduzem o calor muito bem. Por isso, deve-se tomar cuidado com receitas com muito açúcar (como biscoitos e alguns bolos), já que eles podem começar a queimar por fora antes de assar por dentro. As formas de vidro são ideais para caçarolas, lasanhas, tortas e outras receitas que podem ficar mais queimadas.

Estas são ótimas para servir e guardar comida, já que não alteram o gosto nem o cheiro da comida.
Quando usar: lasanhas, tortas, bolos de frutas, etc.
Assadeiras de Cerâmica
A cerâmica é muito parecida com o vidro – é ótima para conduzir calor, portanto resultar em um produto mais dourado/queimado. Também é ótima para cozinhar e servir a comida, já que não altera o gosto de comidas e além de tudo é bonita!

Quando usar: lasanhas, tortas, bolos de frutas, etc.
Formas de Silicone
O silicone não é um bom condutor de calor, portanto não doura os alimentos tão bem quanto os outros tipos de assadeira. Por ser anti-aderente, é ideal para receitas que precisam desgrudar com facilidade.



OBS: Caso você não tenha uma forma de silicone, você pode usar uma folha anti-aderente de silicone ou teflon para criar o mesmo resultado.
Use para: macarons, bolos clarinhos ou cupcakes.
Tamanho e Formato
Uma dica importante é sempre usar o tamanho e formato de assadeira indicado pela receita. Apesar de não parecer importante, um detalhe destes pode mudar o resultado final da sua sobremesa!
Por exemplo, para biscoitos é muito importante que você use uma assadeira com laterais baixas. Se você usar uma forma para bolos, os biscoitos que estão mais perto da lateral vão queimar mais rápidos do que as do centro. 

Uma dica boa é virar a sua forma de bolo de ponta cabeça, assim você “cria” uma assadeira ideal para biscoitos!


NATAL MARAVILHAS DO LAR

Uma das tradições mais gostosas da família é reunir todos em volta de uma linda mesa de natal, decorar a sua casa, celebrar a vida, prosperidade e o amor.
Para nós é sempre uma grande alegria participar de momentos como esse, com a melhor decoração, tudo para a mesa da ceia e os melhores presentes.



LOJAS
Além das lojas estarem todas decoradas para a magia se fazer mais presente, possuímos aproximadamente 1.800 diferentes itens de decoração de natal, que vão dês de pisca-pisca, papais noeis até diferentes modelos de árvores de natal e enfeites.


BRINDANDO A VIDA
Por todos os motivos que a vida nos da, a Maravilhas do Lar está com você para fazer o melhor brinde, e por falar em brinde, as taças e os copos estão com tudo nesse final de ano, não é a toa que é um dos itens mais pedidos dos clientes, trouxemos todos os modelos, dês de  tulipas até a mais lindas taças de cristais.



Quer saber mais um pouco sobre elas: nossa equipe preparou uma super matéria.

Saiba mais  https://bit.ly/2zUiUB4


CRÉDITOS FINAIS
Agora que você já sabe onde encontrar tudo para abrilhantar as suas festas de final de ano, não vai perder né?

Saiba mais sobre taças e copos

Em meio a tantos modelos de taças e copos, quem nunca se perguntou: 
Qual usar? Qual serve pra quê? 
Para ajudá-lo a consumir sua bebida preferida com mais qualidade, separamos 21 tipos diferentes e as suas peculiaridades.


Materiais: as versões mais "arrumadas" de copos e taças podem ser fabricadas com vidro ou cristal. Apesar de aparências similares, os materiais têm composições diferentes: o cristal contêm chumbo, enquanto o vidro comum, não. Além de tornar a taça mais leve e sonora, o chumbo dá porosidade à matéria-prima e esse aspecto influencia diretamente na apreciação da bebida, uma vez que as moléculas do líquido se quebram ao se chocarem com a parede da taça ou copo, facilitando a liberação das características olfativas.


Taça tulipa: nome popular do copo pilsener, a taça é indicada para servir cervejas do tipo pilsen. Seu desenho proporciona a formação de um colarinho cremoso e direciona o aroma do lúpulo diretamente ao nariz.



Taça água: como a água não possui sabor que possa ser alterado com o tempo, a taça é utilizada, apenas, para oferecer o máximo de elegância ao consumir o líquido.


Taça degustação: o formato da taça segue o padrão ISO (International Standard Organization) que possibilita a adequada degustação de todos os tipos de vinhos. Com capacidade reduzida, boca estreita e haste mais curta, seu desenho favorece a oxigenação e a retenção dos aromas da bebida.


Taça vinho tinto: o vinho tinto precisa de contato com o oxigênio, para que possa "respirar" e, assim, liberar seus aromas e sabores. Para que a oxigenação aconteça, a taça tem o bojo mais largo e deve ser preenchida até um terço de sua capacidade. Vale lembrar que existem modelos específicos para alguns tipos de uva usados na produção dos tintos, a exemplo da taça Bordeaux.


Taça vinho branco: a taça é menos longa do que a de vinho tinto, pois o vinho branco deve ser consumido gelado e em um recipiente menor, que permita o mínimo de trocas de calor com o ambiente. A boca estreita faz com que a bebida chegue à língua em bom equilíbrio de doçura e acidez, ponto importante para a apreciação.


Taça vinho do porto: a taça para servir vinho do Porto tem formato parecido com a taça para tintos, porém é bem menor. Esse tipo de vinho precisa ser aerado, mas deve ser servido em pequenas doses, como um licor. O desenho da taça permite que o gosto da bebida fique na ponta da língua.


Taça licor: como o licor é uma bebida doce e espessa, a taça para servi-lo deve se de tamanho médio a pequeno. O formato favorece que o líquido seja consumido em pequenos goles.


Taça espumante: a taça para espumante tem a haste longa, para evitar que a temperatura da mão aqueça a bebida. O formato longo e a boca estreita garantem a permanência dos aromas e da 'perlage', ou seja, das borbulhas formadas pelo gás carbônico.


Taça conhaque ou balloon snifter: a taça para conhaque é larga, pois a bebida é servida normalmente em doses de 50 ml. Seu formato permite um maior contato com o oxigênio e, por consequência, uma maior evaporação que faz com que os aromas frutados e amadeirados provenientes do envelhecimento da bebida aflorem. Por ser baixa, ao segurar a taça, a proximidade com o calor das mãos aumenta a temperatura do líquido e favorece a liberação dos aromas.


Taça irish coffee: a taça é usada originalmente para tomar o coquetel Irish Coffee que mistura café, uísque irlandês, açúcar e chantilly, no entanto, pode servir outras bebidas quentes. Sua alça lateral evita o contato da mão com o vidro quente e a pequena haste impede a perda de calor.


Taça margarita ou coupette: a coupette é mais conhecida como Margarita, porque é usada para tomar esse clássico coquetel, preparado com tequila, suco de limão e licor. Antes de servi-lo, a borda da taça é decorada com sal. No entanto, seu desenho possibilita servir outras bebidas bem geladas ou 'frozen', em quantidades acima de 200 ml.


Taça martini ou coquetel: a haste longa da taça evita que a temperatura da mão esquente o líquido. Como o próprio nome diz, é utilizada para servir Dry Martini (gim e vermute seco com um twiste de limão, uma folha de hortelã ou uma azeitona verde em um copo hipergelado), mas pode comportar outros coquetéis. Sua forma (Y) agrega charme à bebida.



Bônus

Copo pokal: seu formato facilita a visualização da transparência do líquido e o pequeno estreitamento na borda retém os aromas. Considerado um copo curinga, é usado para beber a maioria dos tipos de cerveja, em especial as carbonatadas (combinadas com gás carbônico), escuras ou claras


Copo lager: usado para tomar cervejas do tipo lager, o modelo é alto e tem forma cilíndrica. Essas características facilitam a formação de espuma e mantém a temperatura e o gás.


Copo weizen: o copo weizen é recomendado para a apreciação das cervejas de trigo e, por ser bastante alto, comporta até 500 ml de bebida. Seu formato permite a correta expansão da espuma e a visualização das cores da cerveja.


Copo suco: o modelo de copo para sucos mais comum se assemelha ao copo long drink (foto 8), porém é um pouco mais largo e baixo. O recipiente tem capacidade para aproximadamente 300 ml de bebida, com acréscimo ou não de pedras de gelo.


Copo long drink: bem parecido com o copo de suco, o long drink é um pouco mais fino e alto e costuma ser usado para servir coquetéis que são completados com sucos, refrigerantes ou outras bebidas, para serem degustados aos poucos. Sua forma alongada comporta pedras de gelo e aproximadamente 250 ml de líquido.


Copo on the rocks: utilizado para servir especificamente uísque, o copo on the rocks tem boca larga para acomodar diversas pedras. É comum, também, o uso para coquetéis com bastante gelo como as caipirinhas, sakeirinhas e o Negroni (preparado com gim, Campari, vermute e laranja).


Copo old fashion: indicado para coquetéis montados ou destilados servidos com gelo, o copo old fashion tem boca larga, com a circunferência superior maior que a inferior, o que possibilita o acréscimo gradual de pedras de gelo à bebida.


Copo shot: com capacidade de 35 a 60 ml de bebida, facilitando a ingestão em apenas um gole, esse copinho é utilizado para servir tequila, rum, vodca, cachaça e outros destilados.


Copo cachaça: conhecido popularmente como miniamericano, o copo para cachaça se diferencia do modelo shot apenas pelo desenho. O pequeno recipiente comporta de 45 a 60 ml da bebida e facilita a ingestão em apenas um gole.



Créditos Finais

Agora ficou mais fácil para não se confundir, não é mesmo?

Sirva sem perder o charme e faça bonito para seus convidados.